terça-feira, 14 de outubro de 2014

Estranho



O desenlace que parte, é parte.

Um dia... pode ser que eu vá.

Se fico? Não sei.
                                                   
                                           Estou, 
                                           Até... quando vou.
                                           Até... quando for.

Estranho me seria, se fosse diferente.