quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

E pousou...



Se longe, se perto. Te sinto, tão forte.
Num lounge, que é perto. Sucinto, que é norte.
Nem dele, nem dela, 
o belo, tão elo.
tão nosso.

Tão nosso, o belo. Que vem, devagar.
Divagar, a dois. Nessa beleza,
que bate,
e bate, 
e não dói.

Um comentário:

guímel disse...

Grata pela visita e retribuo os votos de um Feliz Natal e um Ano Novo repleto de Realizações!

Eu lhe desejo...

...renova-se a cada dia;
busque sempre coisas novas,
"o diferente",
outra nascente,
outro poente
um novo caminho
e vá em frente!

Os filhotes agradecem...

Bjsss