terça-feira, 4 de maio de 2010

Sin-Cities (Fé-Tich)


Cidades são como uma ferida grossa. Aberta.
Que se alastra à necrose. Um cancer,
Espalhando-se onipotente. Conquistando diariamente.
Orgulhoso. Sem perceber,
Que a sua ruína está na destruição de seu hospedeiro.

Cidades são feito humanos.
Imediatistas.
Cidades são humanas.
Individualistas.
Cor-rompida. Cor-rupta. Cor-roída.

Mas poderá sim existir uma cidade bonita.
Será aquela que sarar.
E o nome...
Pouco importa,
Um nome.



Considerações: Escrevi isso depois que ouvi alguém falar que na Europa tinham cidades lindas e perfeitas. A pessoa só esqueceu de ver o mundo enquanto mundo. E que, sendo assim, a maquiagem européia custa caro. Ela oculta o amargo. E o pior...o amargo está tão distante dali...

* Tich - is the same that bitch.

2 comentários:

Ângela Calou disse...

O CIDA da palavra cidade é sempre maior. CIDAdania, CIDA-danar...(sui)CIDA(de)... as cidades são feitas de fumaça e ódio, invariavelmente. Texto "perfurocortante", (para usar a expressão do Senhor Poeta).

Rafael sem h disse...

Ô Ci(d)aRde!!