quinta-feira, 13 de maio de 2010

Bauhaus: Daniel Ash e Peter Murphy

Bauhaus

A banda inglesa Bauhaus surgiu em 1978 numa proposta de movimento pós-punk. O estilo ultra romântico e anti-expressionista sobrevinha como uma resposta à realidade global que se apresentava (crises político-econômicas em pleno apogeu do capitalismo já selvagem/ panorama de guerra fria/ bipolarização do mundo).
Assim justificou-se a caracterização do vestuário pelo preto (ou melhor, pela ausência de cor, conforme enxergavam no mundo) bem como o total desleixo estético, ou uma preocupação demasiada anti-estética (o belo sendo o que é, é abolido, e admite-se o grotesco pelo belo). Frieza melódica, elementos repetitivos, melancolia, pisicodelia, desolação espiritual, e críticas sociais são elementos componentes das músicas e letras.

Daniel Ash

Daniel Ash e Peter Murphy foram, respectivamente guitarrista e vocalista da banda. Acontece que ambos têm trabalhos interessantíssimos em solo. Daniel Ash, grande responsável pelos efeitos psicodélicos, utilização do sax e de elementos experimentais do Bauhaus, amadureceu isto e trouxe à liberdade de um trabalho individual. Resultado: Rock psicodélico de ótima qualidade! Aqui, vocês podem sacar o disco de 1991, Coming Down (clique pro down!) a senha pra descompactar o arquivo é: p-l-m.blogspot.com ), que tem uma versão muito massa da música "day tripper", dos Beatles. Ficou curioso(a)? Escuta logo pow!! Eu namoraria ouvindo esse disco!!rsrsrs (Nota 8,5 de 10).

Peter Murphy

Peter Murphy foi a voz do Bauhaus. E no seu projeto solo traz algo mais pop, porém experimentando atmosferas alternativas de ótimo gosto, e que varíam conforme o disco que se escuta. Você podem curtir o disco Wild Birds (clique pro down!) que resgata o som do cara de 1985 a 1995!! Essa coletânea dá uma idéia geral do que é o trabalho de Peter. (Nota 8, de 10 pra esse disco).

So...That's It! : ) Espero que curtam.

2 comentários:

Ângela Calou disse...

Adorando a série Rafa e a Música =D
(e em se tratando de indicações tuas, tomando nota!).

bj

Admílson disse...

UNDEAD, UNDEAD, UNDEAD.