quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Borboletas no estômago



(O sangue corre no rio, descendo várias cascatas. Percola todo o meu ser, junto à luz de um sol... interior. O rio continua em ti, após a cachoeira...)


E em mim...

(Como quando chove no sertão, tudo muda. Sob o céu lilás, o verde aflora forte... E num soluço, me sobem as borboletas no estômago...)

Te amo...

Amando,

aMar-te...............................................em Vênus.

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Intolerância à lactose (e demais alergias)



Palavra presa prensada entre os dentes.
No encalço engasga em câmera lenta.

Contém traços de leite,
sorbato de potássio,
aroma idêntico ao natural de baunilha.

"Eu te amo" embalado em tetra pak.
E ainda sai musiquinha quando abre.


*escolha o seu!