quarta-feira, 11 de março de 2009

Embarque e Desembarque




I- Vários Gerais


Umas se enganam,
por vezes confundo,
outras se encantam,
num raso, profundo...

Sempre além do que tenha sido,
me sobram resquícios,
e onde me mostram sentido,
vejo apenas vícios...

Vivo e continuo, assim,
as pessoas, vêm e vão,
muitas pousam sobre mim,
e sou delas, estação...


II - Uma, Exceção

Se estive prosa ou poesia,
sério, sorrindo, ou mesmo acanhado
crônica da noite, poema do dia
sempre bom, foi acordar ao teu lado...

Para além dos trilhos
bem perto, ou distantes,
e embora andarilhos,
sempre há. Nosso instante...

3 comentários:

Leila Saads disse...

Essa segunda parte ficou excelente! Principalmente a segunda estrofe!
Parabéns!

Ana disse...

Cara!! você se supera cada vez mais!!!!!!!

bossa_velha disse...

que bom que voltei aqui. já fazia um tempinho, viu?