quarta-feira, 10 de setembro de 2008

Colorido nosso



Pelas mãos,
descubro,
o rosto.
E num descaminho,
de um sorriso,
um aconchego.
Muitas aventuras possíveis,
dentro desse aconchego...

Parece que beijamos mesmo,
com o corpo inteiro.
E do tempo passar,
tão rápido,
ele pára.
E quando abro os olhos,
me disperso.
Mar disperso.................................................em você...

4 comentários:

Tatah Marley's Confissões disse...

lindo demasiadamente!
x)

Tata disse...

Vixe, Rafa... Me meu uma saudade de um abraço de não sei nem quem.

Lindo o que você escreveu, lindo. Aconchego que me 'desaconchega'.

beijo.

Luciana Dantas (Asas do Tempo) disse...

gosto do jeito q tu escreve, encantou-me a entrega desse momento, a afago, o carinho.. ownn.. bonito menino!!

Di disse...

Nossa, que bonitas palavras. Carinho com palavras. Ai, queria ser boa nisso como você. =/