sábado, 30 de agosto de 2008

Garça - Graça - Garça



No encrave de teus dentes,
em meus lábios,
minhas unhas cresceram,
pelas tuas costas...

teu corpo tremeu...
parei...fiquei,
contraído,
em você...

e o tempo passou em te olhar mais no olho. Me abstive de falar,
por um suspiro. E da frase feita, por um abraço, um sorriso,
um toque de lábios, e um momento mágico de silêncio...

sexta-feira, 29 de agosto de 2008

Contemplação



...e o lugar me falou essa semana que sou passante nas páginas de paisagens.

Lidas por mim,

relidas por outros,

feitas por nós...

O lugar sempre te fala, se você pára e escuta. Além dos carros, além das vozes, além do som...

sexta-feira, 22 de agosto de 2008

Se segura Juazeiro!!! (E o resto do Brasil também!!)



Minha intenção aqui não foi fazer uma crítica, mas uma descrição, somente. Agora, se a descrição se faz uma crítica é outra história...Então vamos lá. Por aqui, a política(gem) tá mais ou menos assim...

Em segundo lugar com 25% temos o candidato da situação, Salviano, que sequer é apoiado pelo atual prefeito ( da situação!!). O atual perdeu na convenção, se revoltou, saiu do partido, e tá apoiando o..........PT? É...o PT (Partido de Todos [?] ). "Juazeiro precisa, Salviano realiza". E o carro de som aqui passa com cada proposta..."monitoramento e policiamento em tempo real nas ruas de juazeiro com super -câmeras! - Salviano fará o frigorífico Industrial de juazeiro - Salviano fará um duplo acesso ao Aeroporto" e etc. Sei não...mas se realizar será que nem "A Hora do Pesadelo qualquer número". A gente vai trazer o Freddy Krueger de volta, com a promessa de saneamento para a Rua Elm, e daí vocês já sabem como termina...

Outro candidato é o Carlos Cruz...Meu Deus!!! O povo já esqueceu do rombo que ele deixou, porque ele tem incríveis 10% (eu acho muitíssimo pra ele), e é o terceiro. Eu rio demais com a propaganda na televisão...uma mulher falando que o espaço é pra discutir e elaborar propostas participativas em saúde, educação, e blá blá blá...aí ela diz tudo outra vez com outras palavras, e depois de novo, e de novo...(engraçado que ela esquece de dizer QUAIS as propostas...por que será?). Daí os candidatos a prefeito e vice repetem o que ela já disse com a diferença que pedem licença para entrar na sua casa. Mas tem uma proposta concreta sim, vamos ser justos. A filha do candidato, deputada, diz, no final, que em 2011 Juazeiro vai comemorar seu centenário e PROMETE que "com Carlos Cruz na prefeitura, Juazeiro vai ter uma grande festa!! " E o chavão é simples "CC é 11. 11. 11 11 11!" como a musiquinha insuportável que diz "abre. abre. abre, abre, abre. E eu só digo...Corraaaaa!! Corra, "Corra lola, corra!!"

Tem a Gorete também, que está com 1%, mas tem aqui seu espaço igual. A campanha mostra na TV uma mulher de fibra, preocupada com as causas sociais. Uma fisioterapeuta atendendo a todos de graça, solidária, que com certeza quer ser prefeita para "ajudar os menos favorecidos". (leiam essa frase com tom irônico ..e continuem lendo com ironia...). Essa não é apelativa de jeito nenhum!! Na TV, O ex-governador aparece apoiando ela...tudo bem, a não ser o fato que o ex-governador era do mesmo partido da situação aqui. Se revoltou porque perdeu a última eleição, caiu fora do partido, e tá aí...apoiando a Gorete com seus exageros propositais com coisas do tipo: "Juazeiro é a capital do Nordeste, pelas suas romarias..." Ele ama juazeiro né? Mas num exagera Dr. Lúcio...assim fica muito na cara. "O Diabo Veste Prada"...

Dr. Santana. Líder nas pesquisas com 55%. Será que agora vai? Ou racha? Seria uma chapa da oposição no seu sentido pleno, não fosse pelo seu vice e por muitos que o estão apoiando. Porque hoje todo mundo é PT...(Partido de Todos). Na televisão aparece uma tal de Irmã Nelly que fala trocentas vezes que "a gente tem que votar em Santana porque ele é FILHO do Juazeiro" (e isso é motivo de se votar?). O vice do cara é um empresário super-simpático, com um histórico incrível em militância e causas sociais (isso foi irônico) e não entrou na política(gem) pelo motivo da sua Empresa não andar bem no mercado e quase falir, claro que não!! Imaginem vocês se é por causa disso!! "É Lula lá e Santana cá, é 13 de verdade" Será? Tomara Dr. Santana, tomara...Tomara que você não esteja na frente por influência do dinheiro da "Umbrella" que é teu vice, com algum projeto macabro aos moldes do T-vírus, para deixar a cidade mais morta e com mais zumbis..."Resident Evil" foi um fiasco! Você viu no cinema né Dr. Santana....então por favor...Juízo!!


quinta-feira, 21 de agosto de 2008

Não embaça que não sou de vidro...



Que papel feio,
se fazer de vítima,
e quem sabe até seja,
vítima do amor,
inventado por você...

E na falsidade, vai, voa,
abraçar quem você fala...de mau...
pra depois falar de mim,
e me...atingir?
ha ha ha...

Adolescente é foda!
pense numa tática!!
nem vai me atingir,
mas agradeço pela inspiração,
do escrito (deixando bem claro)

Iludir é uma arte,
que você faz com si próprio,
isso acontece muito, deveras,
e já aconteceu comigo também,
mas pô, assume tua culpa...

Ficar remoendo pra lá e pra cá,
se sou isso ou sou aquilo,
o que fiz e o que não fiz,
não adianta, e para de viver de SE,
vai viver de SI que é melhor...

Até tentei,
porque um amigo é sempre bom,
mas amigo da onça,
nem a onça quer,
então vai, olha pra você, e esquece meu nome...

; )

quarta-feira, 20 de agosto de 2008

A menina que "só os inteligentes podem ver"



A menina vestida de sol,
girando, e girando,
dança ciranda,
por entre as nuvens,
no canto do salão...

Em si, e só...assim,
ela sempre se fez raiz,
quero dizer,
"uma flor,
que despreza a fama..."


*citação: Wado e o Realismo Fantástico.

sábado, 16 de agosto de 2008

Uma perspectiva teórico-metodológica



Na ausência daquela razão chata,
e presença forte do sentir,
sem sabão, nem água,
não tem enxague,
das palavras que você não peneira...

Reversos...são versos in versos...

Como qualquer música,
em qualquer lugar
e um olhar,
se fazer motivo
e do motivo,
se fazer sorriso
e de sinais,
inventar estrelas...

Como o mini-curso:
"Mordidinhas no lábio inferior: Uma perspectiva teórico-metodológica - Dando atenção aos dois ouvidos, como uma justificativa de respirar bem pertinho." (1 vaga apenas)

Heineken e Fanta Uva misturados,
num beijo,
Anjos e Borboletas de mãos dadas,
num vôo,
Assim...
sem fazer nada,
e já ser um monte de coisa,
como...pufffffffffffffffff....e você já ser minha neguinha ,

Tudo...assim...

de
repente,
feito,

a gente...

quinta-feira, 14 de agosto de 2008

Na cadência do samba



Quando me cubro,
é às avessas,
para descobrir...

Não tenho limites,
vivo intenso,
mas o intenso que existe.

E o sentimento,
...........................até que desengane,
...................................................................eu vivo.

Ouço o coração,
sim,
mas também penso.

Não espere,
não me espere,
nem faça esperar,

Se está brando,
...........................ou apurado,
................................................é a leitura do teu olhar,

Que é diferente dos meus, que é diferente dos dela, que é diferente...

segunda-feira, 11 de agosto de 2008

Sinais estratégicos



Anjo voa no céu...

Tem duas luas (grandes),
que me falam mais que as palavras,
Não há sinais de estrelas,
mas há estrelas de sinais,
e nesse céu,
o pano de fundo é pele...

Tem duas luas (grandes),
que me falam mais que as palavras,
Cheirinho de maçã verde,
por entre as constelações
e nesse céu,
me faço um enclave.................................................em clave de Fá.

Anjo voa no céu...

sexta-feira, 8 de agosto de 2008

Bora pra REFESA...



Observava a dança dos besouros no poste de luz. E isso, além de que estava bonito, me rendeu um prefácio. Voltando-me cá pra baixo me encontro sentado na grama, de frente a antiga estação da cidade do Crato (REFESA), lugar reativado como novo "point" Cultural do Cariri, cultura bela, afrodisíaca de muitos, e que traz consigo o peso de um saco nas costas cheio de psudointelectuais (homo intelectus teatrus), do que gosto de chamar de Cú-tura disFARSAda do Cururu. O gramado aqui (tirando as formigas) é ótimo porque é mais alto em relação ao bar e à praça de encontro da galera. É daqui que gosto de observar. Alguns vêm simplesmente pra encher a cara, servir de palhaço pros outros, ou ficar rindo pra Lua (muito linda hoje, num palco aberto, sem figurantes). Isso, sem motivos como eles dizem, ou talvez pra esquecer de uma vida frustrada, de um caso mal resolvido, ou de si próprio...Outros vêm pra descontrair uma semana pesada, por não ter o que fazer, encontrar amigos, ou curtir um som(nesse grupo tem muita gente boa)...E ainda há uns poucos que acham tudo isso um tédio, mas sempre vêm, e são os primeiros a chegar, porque trabalham aqui.


E olha lá os pseudos, com suas roupas espalhafatosas a la "homem do sertão" (não me desfazendo do homem do sertão, mas é o alvo da caracterização deles), de mesa em mesa, num desfile sórdido, vomitando excrementos de fala dos seus discursos superficiais. É assim que reconheço um deles. Pelo vômito silábico. Basta você se permitir a uma rápida conversa, aprofundar o assunto deles, e eles se perdem...ou então você inventa qualquer informação, que não procede, de algum artista de vanguarda para escutar um: "Eu já sabia" ou "Eu conheço". Isso, quando não arriscam e complementam a mentira inventada na cara de pau. Normalmente, eles terminam a noite na companhia de alguma donzela, dessas "marias gasolinas" (originais e aditivadas) mal-amanhadas, que levam um desfile de moda ao "pé da letra" e se vestem da maneira mais ridícula que não ousarei descrever, pra não perder tinta nem papel...


Os cafuçus são o outro grupo que se destaca. Ontem, estiveram no show de "aviões do forró e calcinha preta", cantando e dançando super hits a la "chupa que é de uva" ou "senta que é de menta" (e eles sabem a letra toda, né brincadeira não!!), e hoje estão curtindo o bom e velho rock'n roll, ou se apresentando como fãs assíduos de pink floyd, mesmo que só saibam dublar "another brick in the wall, part 2", como nessas novelas mexicanas. Aí, "We don't need no education" vira "Wirow Wirow edukeychion". Quando a banda no palco se propõe a tocar algum cover, são os cafuçus os primeiros a gritar com tom de importância: "Beatles!!!"...


Vejamos agora a linda garota que a tantos inspira. Ela chegou. Os comentários sobre ela na Universidade e entre todos os grupos descritos e não descritos são fortes. Só de passar por entre as mesas num movimento "S" proposital, perpassam consigo os olhares até mesmo dos que estão acompanhados (e isso vai dar confusão mais tarde para alguns casais). Mas o ambiente é alternativo. Meio distante, duas lésbicas observam o alvo de maneira persuasiva, cochichando, quem sabe, alguma fantasia sexual a três. Ela é bonita mesmo. Seus cabelos são ondulados, escuros, mas de um brilho..., que brilha mesmo na noite, e ofusca o "ao redor".Corpo bem afeminado, cintura fina, quadril bem desenhado, pernas grossas. A face bem lisa, nariz afilado, olhos claros, não dá pra dizer daqui se verdes ou azuis. O sorriso é atraente e agradável. Vestindo uma blusa verde-limão com uma capri jeans e um...SAPATO VERMELHO DE BICO FINO COM SALTO(!?) é mesmo um belo outdoor ambulante de cabeça vazia cujas entrelinhas dizem: "Continuem me admirando, eu amo isso, e isso é a minha vida!".Ahhhhh...Eu tinha que observar essa garota tão "incrível", com suas qualidades únicas, pra ver o que me causava...E me causou um final pra isso, no momento em que te vi desfilando no início da noite. No momento quando te olhei, você, "linda", o próprio crepúsculo (vide sentido fig. da palavra) em pessoa. No momento quando, te olhando, me arrepiei, e senti uma queimação descendo no corpo...

Nada mais que a cachaça que descia...

E continuei na noite, no papel a que me propus hoje, sendo um e outro, até não ser mais nenhum, além de mim.



quarta-feira, 6 de agosto de 2008

Duvido, logo existo



As dúvidas, quando não te trituram, te bifurcam. Uma infinidade de caminhos a tua frente, visíveis e invisíveis, se mostram em várias direções, e você não enxerga para além. Sabe que há começo, apesar de que o começo possa nem existir. E nesse caso você até inventa um. Mas não sabe se há desvio, se há retorno (e o retorno é perigoso, pode ser algo completamente diferente da volta tão desejada)...não sabe sequer se há. Resta apenas seguir...mas seguir o que?

Razão, Fé, Coração, Instinto...trazem apenas mais dúvidas e fazem nascer mais caminhos (por bipartição). E você já tem que decidir rápido, pois ficar parado também já se tornou um caminho. E então, o que você espera? um conselho meu?

Ninguém pode, verdadeiramente, te aconselhar. A convicção que leva alguém a pensar que está certo provém da simples necessidade de fugir de um mundo onde não há certeza. As dúvidas afligem a todos...a todos que pensam estar vivos. As dúvidas afligem...mais ainda os que pensam estar vivos, e certos.

Conviver com as dúvidas pode ser interessante, se você souber. Porque as certezas também são redutoras de possibilidades. E é aí que você entra. Entra e inverte os papéis. Faz das dúvidas mais braços e pernas, e da certeza uma coisa que atrofia. Com ou sem, dúvidas ou certezas, os valores são sempre teus.

E isto não é um conselho...

domingo, 3 de agosto de 2008

Palpite

Ontem passei por vários blogs,
e repassei o meu,
pensando uma idéia de como a gente deve funcionar,
por dentro.
Pensei. Pensei de novo, e ri.
Ri, porque o que eu pensei já existia.
Como um clipe, de uma banda, já existia.
Mas agora, no contexto que eu coloco,
Penso que seja, mais ou menos, isso:




vídeo: Dead Can Dance - The Carnival is Over.

sexta-feira, 1 de agosto de 2008

Colírio do Campo (Felipe e Bianca)



(Bia ainda pensa consigo):

Se é um falso rito,
me dá um desmotivo,
que eu desacredito,
e a gente vai jantar...

(Lipe):

Em gargalhadas histéricas,
fingindo estar a vontade,
numa certeza camuflada,
em um falsete de improviso...

(...)

Mesa posta (mesa posta),
Comem rindo (artificialmente natural),
Vinho servido (bebem vinagre),
Diálogo solto (conversa fiada),
Embriaguez inesperada (fuga dos dois: premeditada),
Sobem pro quarto (rotina),
Luz acesa (corpos escuros),
Amor e sexo (vontade e sexo),
Movimentos (mecânica de corpos),
Gemidos, Palavrões e Elogios (ações de excitar),
Orgasmos (vertigens)
Entreolham-se (nojo)
Beijinho (gastura)
Boa noite (vai se foder)
Sono demorado (remorso)

E o vento que finge secar as lágrimas,
só as espalha,
por dentro. Colírio do campo,

minado...