quarta-feira, 16 de julho de 2008

Tudo ao mesmo tempo agora (ou, Muito surpreso com tudo isso)



Do cheiro que desconheço,
só guardo um pouco do riso,
um eco da voz,
e a intersecção de olhares...
no(s) momento(s) de paralelo(s),

"Simples,
mas complexo".
Aquele brilho no olhar,
que olha, e brilha,
e brilha, de encantar...

Anjos e borboletas podem voar,
e podem voar alto...Mas podem voar juntos?
E fazer reticências nas estrelas, podem?
Tem perguntas que você sozinho não pode responder,
Mas sabe das jujubas?

O doce que eu quero só a verde tem!

E através
---------dos versos
-------------------atravesso
----------------------------do avesso
-------------------------------------de mim
-------------------------------------------para ver
---------------------------------------------------você...

2 comentários:

Fátima disse...

Eu acredito sim que anjos e borboletas podem voar juntos...Mas msm que não possam podem voar paralelos numa mesma direção...

um bju grande "anjo"...

Luciana Dantas (Asas do Tempo) disse...

o melhor comentário que eu poderia fazer desses versos seria algo tipo...

...

...reticente...

(lindo)