terça-feira, 6 de maio de 2008

Pirulito que bate bate...



Linda lua cheia.................................de si.
Linda lua cheia................................de mim.

Eu sozinho,
num canto,
do quarto.

Você some,
num canto,
da noite.

Quando não se pode,
cantar,
a canção a dois,

E quando cantar,
só,
não dá canção,

É a saudade quem canta.
E dói,
mas diz o quanto importa................e qual é o tom.

3 comentários:

Amaranta disse...

Importam todos tons do mundo, entoados de cantos distantes,
sincronizando uma vontade só..
"Mensageiro do vento, mandai-me notícias de meu amor."

Yuki disse...

uauuuuuuuuuu
adorei a fotu

Motivo da Rosa disse...

A chuva que aqui insiste em continuar me trouxe saudade do gosto de morango na sua boca.
E da sua calma...
E das mãos que tocam o rosto e que me fazem querer ter os olhos fechados por não breve espaço de tempo.
Gosto.