sexta-feira, 14 de dezembro de 2007

Falando disso


Esses encantos e desencantos
desses encontros e desencontros
que teimam em enganar os sentidos
nessa brincadeira de ir e vir

Essas pedidas e despedidas
desses afetos e desafetos
que nos deixam meio perdidos
nem acabam, nem deixam partir

E, por isso tudo
você não consegue
sentir-se completa...

Mas linda flor,
percebe a falsidade do terceto?
ser completo requer amor
e ir além de qualquer soneto

Não são os desencontros desses desencantos
nem as despedidas desses desafetos
nem coisa alguma desses entretantos
a razão do sentir incompleto

Mas sim o amor que tem que estar presente
esse atemporal, que com o tempo é construido
e que as vezes necessita tão somente
de um espaço que lhe seja permitido

E eu te disse:
-Bom ouvir isso
E você disse:
-Bom falar isso

E foi bom te ver falar,
eu suscito...
que foi bom te ver falar,
mesmo por escrito...

2 comentários:

Elandia duarte disse...

e que as vezes necessita tão somente
de um espaço que lhe seja permitido


è que pra amar a getne precisa também ousar...
e se permitir..

=)

Amaranta disse...

Isso aí tem gosto de mensagem de msn de madrugada, de urgência desurgente de Amélie e a eterna dúvida do que jáé e finge ainda não ser.