quarta-feira, 12 de dezembro de 2007

Concordando (sobre o amor)




É passado que se revira no presente de um futuro torto.
É presente que provém de um passado com um futuro incerto.
É futuro que se imagina no presente brevemente passado.

Passado, presente, futuro...como diria o poeta,
"O amor vai além de qualquer tempo verbal."
É mesmo um temporal atemporal nas têmporas do tempo...



* citação por Elandia Duarte.

Um comentário:

Elandia duarte disse...

è que como o maor é a força que move o mundo...
Ele impregna em todos os tempos, em todos os lugares,em toda a gente!!

Posso dizer que concordo???Rsssss