sábado, 13 de outubro de 2007

No fim...


Andar sem fronteiras, poder sem limites
Correr sem destino, querer o além

A liberdade infinita...

A sensação que me faz invencível,
..................invisível
........intocável
A sensação que se faz passageira,
e passageira se faz armadilha

O acordar de um sonho
Que inicia um pesadelo
Quando a vida se mostra sensação
Quando foi tarde enxergar...

Não percebi o tempo passar
E agora que percebo não há mais tempo
Tudo se foi...

Já não sinto sequer eu perto de mim.

Nenhum comentário: