sábado, 13 de outubro de 2007

E...


...O sol não brilha
quando de dia se dorme
E as estrelas não existem
quando o céu é o teto do quarto
E o tempo não importa
quando não se vive
E a morte é a incerteza
quando não se sabe
E as pessoas são a farsa
quando se conhece
E a mentira é o conforto
quando a verdade dói
E a luz de nada serve
quando não alcança
E o ódio é o motivo
quando não se ama
Na solidão que é companhia
quando se está só...

Nenhum comentário: